"P´la Subsistência do Interior" assine agora

O Interior de Portugal encontra-se numa situação de ruptura social e económica associado ao despovoamento e envelhecimento crescentes tornando impossível a gestão da geografia politica, colocando mesmo em causa e legitimidade do estado democrático e dos seus representantes locais.

O enorme custo de contexto associado à introdução de portagens personaliza o último episódio do processo de inversão económica a que não podemos nem devemos ficar alheios.

Acresce um cenário de:
- encerramento e deslocalização de empresas.
- centralização de serviços públicos de saúde, ensino e justiça, exigindo maior mobilidade dos residentes
- ferrovia degradada e sem serviço competitivo às empresas
- falta de alternativas viárias adequadas em 50% dos troços das SCUT A23, A24 e A25
- maior número de acidentes viários, pela utilização crescente de estradas nacionais e municipais

. maior índice de poluição de proximidade

Considerando a gravidade do exposto, vimos requerer a apresentação, discussão e votação em Plenário do seguinte, como medidas de convergência, equidade e justiça:

1. ISENÇÃO total e sem limites de viagens para pessoas e empresas, residentes e sediadas em Regiões Nuts II consideradas desfavorecidas no âmbito da UE a 27.

2. REDUÇÃO do preço/km, no mínimo em 40% do preço actual para pessoas e empresas, não residentes e não sediados nas Regiões consideradas desfavorecidas no âmbito da UE, à semelhança do já aprovado para os transportadores de mercadorias.

3. SUSPENSÃO da leitura entre pórticos para os troços em que não exista alternativa viária adequada.

O Plenário da Assembleia da República a que V. Exa. preside, bem como os responsáveis do Governo, Finanças e Economia deverão assim reconhecer a injustiça praticada no Interior Centro e Norte com a introdução das portagens, ao reduzir drasticamente a mobilidade de pessoas e empresas bem como a entrada e passagem de não residentes, nacionais e estrangeiros.

Inverter a situação de ruptura social e económica deve ser assim considerada como um desígnio nacional, enquadrado nas politicas de convergência e equidade inter-regional da UE.

Os signatários da presente PETIÇÃO estão convictos que V. Exas. compreenderão a forma, processos e razões da mesma.

POR UM PORTUGAL MENOS DESIGUAL!

Assinam Petição

Facebook assinatura
OU

Se você já se dispõe de uma conta prossiga com o login, caso contrário proceda à inscrição e assinatura preenchendo os campos aqui embaixo.
Nome de usuário, e-mail e senha serão os seus dados da conta, poderá assim assinar outras petições depois de ter prosseguido com o login.

Privacidade nos motores de busca? Você pode usar um apelido:

Atenção o e-mail deve ser válido para que possa validar a sua assi natura, caso contrário será anulado.

Confirmo o registro e aceito Uso e Limitações de Serviços

Confirmo que li a Política de privacidade

Eu concordo com o Processamento de dados pessoais

Painel De Mensagens

Petições relacionadas

Assinam Petição

Facebook assinatura
OU

Se você já se dispõe de uma conta prossiga com o login

Comentário

Confirmo o registro e aceito Uso e Limitações de Serviços

Confirmo que li a Política de privacidade

Eu concordo com o Processamento de dados pessoais

Objetivo assinaturas
2 / 5000

Assinaturas Recentes

  • 01 Outubro 20122. Luís Veiga (não verificado)
    Eu assino esta petição
  • 01 Outubro 20121. Almeida
    Eu assino esta petição

Informações

AlmeidaDe:
Política e GovernoIn:
Destinatário petição:
Presidência da Assembleia da Républica

Apoiadores oficiais da petição:
ESI - Empresários p'la Subsistência do Interior

Tags

beira interior, esi, portagens, scut

Compartilhe

Convide amigos da sua rubrica

Códigos Para A Incorporação De

URL direto

URL para html

URL para fórum sem título

URL para fórum com título

Widgets