Mudanças para o Marketing do Botafogo sign now

Se o time está mal, a torcida não se empenha em ir para o estádio, a maneira de angariar receita seria através de meios externos ao futebol. Hoje, pelo idealismo do Bebeto, o Botafogo está financeiramente dependente do seu estádio (excluindo-se fontes oriundas de patrocínio do uniforme e cotas de TV), o que está claro para nós que não é suficiente para manter um clube de futebol por ora. Logo, se a torcida não se anima para ir aos jogos, o clube fica sem verba.

Em visita à loja do clube, vemos poucos produtos relacionados à marca Botafogo. Estes poucos produtos seguem a tendência do ingressos do estádio, sendo de elevado valor pecunioso, portanto, não sendo acessível à grande parte da torcida. Basta um passeio em dias de jogos, principalmente no Maracanã, para vermos a quantidade de camisas "piratas" do clube que são comercializadas e utilizadas pelos fãs da equipe. Dessa forma, deixa o clube de receber boa quantia da torcida, que vai em busca do que é mais barato.

Ano após ano, o preço da camisa de jogo do Botafogo aumenta. Há 10 anos atrás, custava R$ 79. Até por efeito da inflação, correção monetária e outros fatores econômicos, o preço, que já era tido como caro, agora encontra-se em R$ 159, à disposição apenas das camadas A e B da sociedade ou da C que faz grande economia visando a aquisição da camisa. A política de produtos do Botafogo fecha os olhos para as camadas mais baixas. Argumenta-se que a camisa possui elevada tecnologia e é idêntica a usada nas partidas. Mas por que então não criar, como a Nike, 3 modelos de camisa? Um popular, um mais comum e outro de jogo, variando na faixa de R$ 40, R$ 80 e R$ 140.

Mas não é apenas isso, fato elementar para a proporcionalidade na distribuição de camisas de um clube na sociedade. Na mesma loja oficial do clube, encontra-se o relógio abaixo:
http://www.fogaoshop.com.br/fotos/relogio_mesa_2.gif

Sua qualidade é contestável. Porém, o que assusta mesmo é seu preço, R$ 55. Andando pela cidade, encontra-se relógio similar por R$ 10. Ou seja, o clube cobra, por ter seu escudo em um relógio "vagabundo", R$ 45. Logo, vemos que o Botafogo oferece à alta camada um produto caro e ruim. Numa lógica que buscasse harmonizar a relação de compra e venda entre comerciante e comprador, este relógio custaria de R$ 12 a 15, sendo destinado a camada baixa. Para a elevada, o relógio seria de qualidade superior e a um preço, até, maior, cerca de R$ 100 por um relógio de metal resistente e, quem sabe, um de pulso ao preço de R$ 350, mas com ótima qualidade. Haveria também relógio de pulso baratos para a classe baixa e crianças, mas em nível similar ao vendido em camelôs, por exemplo.

Além da variação de preços, clientes e qualidades, deveria o clube buscar um grife de roupas variadas. Camisas de malha, de manga longa, em micro fibra, casacos com o preço variando entre R$ 40 e R$ 180 (apenas o gasalho), conjunto de frio (como é vendido hoje), touca, bermudas, bonés, cachecóis etc. Estas roupas deveriam utilizar não apenas o escudo do clube, mas também o nome, a estrela, as cores, os mascotes, fotos de ídolos e, até, elementos implícitos (exemplo, camisa preta com uma pequena estrela na manga, que poderia ser usado por pessoas que não são torcedores na plena alma). Hoje, os únicos que atendem a variação aceitável são boné e cachecol.

O Botafogo poderia criar um novo mascote, bem como fizeram São Paulo, Fla e Atlético/MG por exemplo recentemente, estampando-o nos produtos.

http://www.quadrodemedalhas.com/images/mascotes/sao-paulo.jpg (Mascote renovado do SPFC)

http://jaeh.files.wordpress.com/2007/12/cachorro.gif (O mascote do Botafogo deveria ser perto disso. Mas com um desenho mais identificado com o clube, sem que seja alvo de chacotas ou medo, que chame a atenção da torcida)

Como vem tentando, continuar a produção de frases de efeito e slogans para veicular os produtos ("ninguém cala esse nosso amor", "time guerreiro", "essa estrela nunca vai se apagar" etc). Além disso, utilizar as marcas do passado, como escudos antigos, e até criar símbolos novos para a estar nos escudos (nunca nos uniformes de jogo), criando nova identificação com o torcedor. Sugestão: criar, exclusivamente para camisas, bonés e ações de marketing, um símbolo de letras entrelaçadas BFR, como o New York Yankees: http://images.uncyc.org/commons/thumb/2/27/New_York_Yankees_cap.png/50px-New_York_Yankees_cap.png

Voltando, além de relógios, deve haver produtos como chinelos, chaveiros, canetas, lápis, escovas de dente, pentes, presilhas de cabelo, óculos, toalhas, vasos de plantas, cooler, monitores de computador, adesivos, entre outras tantas coisas. A qualidade deve variar em todas as camadas da sociedade. Isto não é difícil de se realizar no Brasil. Basta acessar o site das lojas de Grêmio, São Paulo e flamengo:

http://www.gremio.net/shop/

http://www.saopaulomania.com.br/

http://www.flaboutique.com.br/lojaflamengo/index.php

O passado não pode ser esquecido, lançando-se camisas retrôs em variados modelos e qualidades, sendo, assim, seu preço variado entre R$ 30 - para um modelo mais simples - e R$ 160 - para os mais estilososo, como os lançados pela Kappa recentemente. Hoje, é comum vermos torcedores de vários times com camisas retrôs, sendo os botafoguense aqueles com menores alternativas de compra, até pelo alto preço atual.

http://www.naftalinafc.com.br/images/botafogo_1987-88a.jpg
(Esta, da Naftalina FC, custa R$ 70)

http://www.flaboutique.com.br/lojaflamengo/images/7895919428358.jpg
(Camisa do Zico, apenas um exemplo, esta custa R$ 45 apenas e é licenciada)

Concluindo, o marketing do Botafogo mostra-se omisso, hoje, em relação à torcida de classe baixa e ludibriando a classe alta. O clube conta no Brasil - e até em outros países com toda a certeza - com potenciais consumidores que, por motivos econômicos e/ou de qualidade dos produtos abstem-se de comprar a marca Botafogo. Nossa marca está supervalorizada no mercado, logo, afastando a renda que poderiamos receber. Muito tem dinheiro para comprar vários itens do Botafogo, mas a relação preço x qualidade impede ou diminui a busca pela produtos oficiais.

Evidentemente, vemos falta de ação e visão do departamento de marketing (que é praticamente nulo no clube) na busca do correto licenciamento da marca Botafogo, que, segundo as pesquisas possui mais de 3 milhões de torcedores e, pela expectativa do clube, 9 milhões potenciais consumidores só no Brasil, sem se contar no exterior, onde uma camisa retrô do Garrincha (número 7), por exemplo, poderia muito bem vendida na Europa e na América do Sul.

Produtos bons, mesmo também sendo necessários a ida do torcedor até ele - algo óbvio em qualquer situação -, deixa o clube "permanentemente à disposição" dos torcedores, que o utilizarão quando acharem conveniente, de forma moderada ou exagerada. Basta apenas saber como fazer e como desenvolver adequadamente.

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal
0 / 50

Latest Signatures

No one has signed this petition yet

Information

Krista BonillaBy:
FoodIn:
Petition target:
Botafogo de Futebol e Regatas

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets