MANIFESTO DOS INTELECTUAIS, ARTISTAS, MILITANTES E RELIGIOSOS EM APOIO À CAMINHADA PELA LIBERDADE RELIGIOSA sign now

CONTRA A INTOLERÂNCIA, PELA LIBERDADE DE CULTO E AFIRMANDO A DEMOCRACIA, INTELECTUAIS, ARTISTAS, MILITANTES RELIGIOSOS ENTRE OUTROS ASSINAM ESTE MANIFESTO DE APOIO À CAMINHADA PELA LIBERDADE RELIGIOSA 21 DE SETEMBRO ORLA DE COPACABANA


Os crescentes casos de discriminação religiosa ocorridos na história recente de nosso país motivaram a criação de uma Comissão de Combate à Intolerância, na cidade do Rio de Janeiro e esta, por sua vez, inspirada em ventos que nos sopram dos quilombos, da manutenção de seus ancestrais e do reconhecimentos que descendemos de heróis - que mesmo escravizados - não esqueceram suas raízes, decidiu realizar neste 21 de setembro de 2008, a Caminhada Pela Liberdade Religiosa.

Infelizmente os casos de intolerância não são recentes e muitos deles são extremamente graves como é, por exemplo o caso de Mãe Gilda que, violentamente atacada por outro segmento religioso adoeceu e veio a falecer depois de ver sua foto publicada em uma matéria que tratava os religiosos de matriz africana como charlatões.

No Rio Grande do Sul a população assiste estarrecida a discussão em torno de uma lei estadual que a título de proteger os animais, praticamente inviabiliza a liturgia dos cultos afro-brasileiros.

Em São Paulo, um terreiro de Candomblé, aberto há mais de 25 anos, está lacrado e seus religiosos e adeptos proibidos de exercer a sua liberdade de culto por ordem da prefeitura, após frustrada demanda judicial, sob a alegação de mudança de zoneamento urbano e de que o som dos atabaques incomoda a vizinhança. Em flagrante desprezo ao princípio da igualdade de todos perante a lei ao mesmo tempo, pelo menos três igrejas que circundam a região estão funcionando normalmente com suas caixas de som distribuídas pelos postes da localidade..

Como se não bastasse, na Meca do Candomblé do Brasil aconteceu algo ainda mais improvável: a Prefeitura de Salvador, no início do ano, arbitrariamente demoliu um terreiro de Candomblé e ainda ajuizou cobrança judicial de IPTU de uma das mais antigas e tradicionais casas-de-santo da cidade, que já havia sido beneficiada com tombamento e com isenção do pagamento desta taxa.

Na cidade do Rio de Janeiro causou indignação a atitude judicial que retirou - mas depois foi retroagida - a guarda de uma criança de sua mãe, sob o argumento de que o uso de imagens religiosas por essa senhora dentro de casa poderia comprometer o desenvolvimento psíquico do filho. Ainda no Rio, um grupo de quatro jovens de uma igreja evangélica neo-pentecostal, invadiu e depredou dezenas de imagens de santos católicos e de Orixás em um Centro Espírita.

De semelhante modo, temos notícias frequentes de agressões que vão da depredação até mesmo à violência física por parte de pessoas que, intolerantes e ignorantes sobre o direito ao exercício religioso, desprezam a liberdade de culto, apresentando as religiões tradicionais afro-brasieliras como adoradoras de um ser maligno que, por sinal, nem mesmo faz parte do universo cosmogônico das religiões de matriz africana.

Acreditamos que o crescimento da intolerância religiosa em nosso país é um claro sinal de ameaça à democracia e que, portanto, devemos estar atentos para defendê-la sob pena de se correr o risco de retrocessos na arrojada luta por ela travada nas últimas décadas. O Estado Democrático de Direito, pressupõe, antes de tudo, que a crença individual deve ser respeitada e o direito de culto deve ser preservado. Portanto, para nós, intelectuais, artistas, militantes, religiosos é inaceitável que casos como estes continuem a acontecer em nosso país.

Por tudo isso queremos afirmar todo nosso apoio à Caminhada Pela Liberdade Religiosa e ressaltamos a necessidade de todas as pessoas de todos os credos religiosos que crêem na democracia, que acreditam na paz e que preservam a liberdade, para que estejam na orla de Copacabana neste 21 de setembro engrossando de maneira ecumênica o grito que move este movimento:

Eu Tenho Fé!! Queremos Respeito e Reconhecimento!!!


REDIGEM ESTE DOCUMENTO:

Julio Cesar de Tavares
Professor Associado/Departamento de Antropologia da UFF

Luiz Fernando Martins da Silva
Advogado/Professor da Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas e Membro Efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros

Marcio Alexandre Martins Gualberto
Jornalista/Coordenador do Coletivo de Entidades Negras - CEN

Sign The Petition

Sign with Facebook sign_with_twitter
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook sign_with_twitter
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal
500 / 1000

Latest Signatures

  • 05 January 2016500. Reginaldo Soaredem
    I support this petition
  • 26 December 2015499. Josenilda Dborasantoss
    Liberdade,sempre!
  • 23 December 2015498. Shirley Yurif
    I support this petition
  • 23 December 2015497. Irineu Belob
    I support this petition
  • 22 December 2015496. Mario Alvesdasilvaf
    I support this petition
  • 17 December 2015495. Srgio Coutoa
    is the best pacific reaction
  • 14 December 2015494. Fernando L
    I support this petition
  • 24 November 2015493. Fernanda P
    I support this petition
  • 22 November 2015492. Claudio F
    I support this petition
  • 18 November 2015491. Daisy Mariamp
    I support this petition
  • 18 November 2015490. Paulo G
    I support this petition
  • 10 November 2015489. Marta Deo
    Psicanalista
  • 17 October 2015488. Dionisia W
    I support this petition
  • 14 October 2015487. Iyn Aso
    Coral de Cânticos Sagrados - RJ
  • 16 September 2015486. Alejandro F
    Antropólogo argentino especializado em cultura afro-americana
  • 16 September 2015485. Rodrigo S
    Apoiado!
  • 31 August 2015484. Felipe F
    I support this petition
  • 28 August 2015483. Maria V
    I support this petition
  • 15 August 2015482. Humberto Thomazdes
    Omorisá Ile Omiojuaro
  • 15 August 2015481. Maria Dorozriopompiavieiras
    I support this petition
  • 02 August 2015480. Edna Thomazr
    I support this petition
  • 01 August 2015479. Alberto Dep
    I do have faith
  • 27 July 2015478. Jorge Atiliosilvai
    Nossa luta pela superação da intolerância religiosa e toda forma de preconceito é parte de nosso legado de defensoras e defensores dos Direitos Humanos. Não haverá paz no mundo, sem paz entre as religiões.
  • 26 July 2015477. Daniele Assisdoss
    I support this petition
  • 21 July 2015476. Dino C
    I support this petition
  • 13 July 2015475. Stanton Ep
    I support this petition
  • 12 July 2015474. Davi Williamferreirag
    I support this petition

browse all the signatures

Information

Ethel ChaseBy:
Politics and GovernmentIn:
Petition target:
À Sociedade Brasileira

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets