Extinção do Horário de Verão no Brasil sign now

Abaixo-assinado em registro da manifestação de cidadãos que exigem a EXTINÇÃO DO HORÁRIO DE VERÃO NO BRASIL a favor de melhor qualidade de vida, condições de trabalho, estudo, lazer e repouso e por uma política de geração de energia elétrica econômica, social e ambientalmente responsável.

Assine e remeta ou encaminhe este abaixo-assinado ao maior número possível de pessoas e entidades que não mais admitem passividade diante do descalabro que é a instituição, por decreto presidencial, do HORÁRIO DE VERÃO, medida muito, mas desordenadamente contestada por milhões.

A idéia é, com número expressivo de assinantes, remeter o documento à PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, ao Ministério de Minas e Energia, aos parlamentares do Congresso Nacional e a quem mais possa dar o devido respeito e atenção PRÁTICA a este abaixo-assinado.

Não interessa o numero legal de assinaturas para que essa iniciativa atinja o que pretende, EXTINÇÃO DO HORÁRIO DE VERÃO NO BRASIL.

Importante é a manifestação e a repercussão da nossa vontade de querer um Brasil melhor, mais transparente e saudável social, política e institucionalmente.

Fica desde já registrado o mais elevado respeito às pessoas e instituições citadas neste ABAIXO-ASSINADO PELA EXTINÇÃO DO HORÁRIO DE VERÃO.
Com as mesmas, devido a tempo, meios e circunstâncias de oportunidade, não foram possíveis contatos a fim de obter autorizações ou consentimentos para reprodução de suas importantes opiniões e citações.

Em nome de boa causa, peço a compreensão de todos.

Vitória, ES, 21 de fevereiro de 2010.

Elmaro José Gracio Ramos
(Dino Gracio)
Jornalista Profissional, Registro 0000820ES
...........................................................

O 36º HORÁRIO DE VERÃO (18-10- 2009 a 20-03-2010) no Brasil durou 126 dias.

Nesse tempo, mais de 125 milhões dentre número superior a 191 milhões de brasileiros (IBGE/2009), o que representa algo como 65\% da população nacional em dez estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso,Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal) atravessaram o equivalente a 34,5\% de um ano a sofrer sérios danos e prejuízos dos seus mecanismos biológicos e rotinas sociais, profissionais e domésticas.
...........................................................
O médico do laboratório de Neurologia do Hospital Universitário de Brasília HUB), RAIMUNDO NONATO, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, em 17/10/2009, afirmou que os efeitos do horário de verão podem ser maiores para as crianças e adolescentes, que costumam sentir maior necessidade de horas de sono que as pessoas mais velhas.
Disse ainda Nonato que as crianças que estudam pela manhã sentirão mais desconforto, algo dolorosamente constatado pelos pais, também mal-dormidos.

É ciência comum que no HORÁRIO DE VERÃO os idosos, mesmo com menor dependência de sono, também sentem indisposições por vezes graves e continuarão a sentir os efeitos daninhos desse e dos outros HORÁRIOS DE VERÃO que já sofreram.
...........................................................
JACOB FAINTUCH, médico clínico geral do Hospital das Clínicas da FMUSP, em entrevista ao jornalismo da Band em 16 de outubro de 2009, alertou que dificuldades em dormir ou acordar predispõem o paciente a problemas cardíacos.
...........................................................
Sono irregular, intensa luminosidade e calor quase insuportáveis provocaram, particularmente nesse Horário de Verão 2009/2010, ainda maiores stress, discussões e acidentes que envolveram milhões de indivíduos em vias e meios de trânsitos engarrafados, caóticos.

Os animais também sofrem com o Horário de Verão. Os criados para ordenha, por exemplo, passaram por isso uma hora mais tarde que o natural, tratados por trabalhadores abalados por tempo superior a uma centena de dias em que tocaram suas tarefas sob calor inclemente e repouso prejudicado.

Devido às temperaturas provavelmente mais altas do século, a despeito de expedientes em ambientes refrigerados, milhões tiveram dificuldades de concentração abalada e resolutividade funcional diminuída devido a cerca de mil horas de descanso noturno insatisfatório, intranquilo, durante o HORÁRIO DE VERÃO.

Para os que labutaram AO SOL em tarefas duríssimas, suas jornadas ocorreram em condições, numa só palavra, desumanas.
...........................................................
De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a redução total da energia nesse HORÁRIO DE VERÃO foi, no Sudeste e no Centro-Oeste suficiente para abastecer uma cidade com cinco milhões de habitantes.

No sul, o equivalente a um centro urbano com 1,5 milhões de pessoas foi economicamente abastecido de eletricidade.
...........................................................
Fica a pergunta: abastecidos por quanto tempo esses estimados 6,5 milhões dos 125 milhões de pessoas atingidas pelo horário de verão de 126 dias?
Não encontrou RESPOSTA CLARA para isso, em dedicada busca na internet, o autor deste abaixo-assinado.

Estimativa da Rio Grande Energia (RGE), do Rio Grande do Sul, diz que mediu 0,36\% (!) de economia de energia elétrica nas 262 cidades de sua abrangência e que apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil.

Essa propalada economia terá representado, segundo a RGE, um volume de 8.186 MWh, bastante para atender a uma cidade como Caxias do Sul, com 400 mil habitantes, POR UM PERÍODO DE TRÊS DIAS.
...........................................................
CÉLIO BERMANN, professor do programa de pós-graduação em energia da Universidade de São Paulo (USP), afirmou, com repercussão em diversos veículos, que NOS ÚLTIMOS QUATRO MESES HOUVE UM AUMENTO CONSIDERÁVEL DA UTILIZAÇÃO DE ENERGIA EM DOMICÍLIOS E NAS INDÚSTRIAS E QUE FALAR EM ECONOMIA É MEIO COMPLICADO NESTE CONTEXTO.
...........................................................
Contexto esse com tendência a ser agravado a considerar as previsões, por especialistas, de futuras maiores alterações climáticas.
...........................................................
Vale lembrar o nunca bem explicado apagão de 10 DE NOVEMBRO DE 2009 em vários estados das regiões Sudeste e Centro-Oeste. Para administradores da gigantesca Itaipu, o blecaute não teve origem na hidrelétrica.
A qual, entende o cidadão comum, naquela ocasião, graças ao horário de verão, presumivelmente deveria estar a funcionar com boa folga.
...........................................................
O deputado VALDIR COLATTO (PMDB/SC), autor do Projeto de Lei 397/2007 que propõe o fim [extinção]do HORÁRIO DE VERÃO (a matéria está na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados) defende que para comprovar a ineficácia do horário de verão basta verificar as faturas de energia elétrica e ver o quanto as pessoas gastam a mais neste período.
...........................................................
Em especial no início do HORÁRIO DE VERÃO testemunhais de risonhas e animadas pessoas são exibidos repetidamente pelas mídias.
Para esses entrevistados, a medida é boa por motivos como dá pra sair do trabalho ainda com sol, dar uma caminhada, paquerar, bater uma bola, tomar uma cervejinha.

Argumentos simplistas que configuram completa indiferença quanto às numerosas exposições de nomes respeitáveis, em variadas áreas, de quanto o HORÁRIO DE VERÃO é MALÉFICO para a saúde e PREJUDICIAL aos bolsos dos cidadãos.

Sempre mal justificado por colocações técnicas invariavelmente confusas, o HORÁRIO DE VERÃO DEVE SER SUBSTITUÍDO POR URGENTE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA COM RESPEITO AO MEIO AMBIENTE ATRAVÉS DE MÉTODOS ALTERNATIVOS E MENOS CUSTOSOS QUE OS ATUAIS, EM PARALELO A PERMANENTE INFORMAÇÃO, ESCLARECIMENTO E EDUCAÇÃO DA POPULAÇÃO PARA USO CORRETO DA ELETRICIDADE.
...........................................................
Chega de HORÁRIO DE VERÃO, essa gambiarra por decreto.

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal
50 / 100

Latest Signatures

browse all the signatures

Information

Danielle RamirezBy:
FoodIn:
Petition target:
Presidência da República, Ministério de Minas e Energia, Congresso Nacional

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets