Cursinho Populares: Democratização do Acesso à Universidade sign now

Porto Alegre, 03 de dezembro de 2008.



Prezado Sr.
Carlos Alexandre Netto
Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul



Os Cursinhos Pré-Vestibular Populares de Porto Alegre reuniram-se em dois seminários com a intenção de debater e encaminhar soluções que possibilitem uma maior democratização da universidade pública. O primeiro seminário, ocorrido em 16 de Agosto de 2008, às 8h30min, na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, teve como tema: "Democratização do Acesso à Universidade: a contribuição dos cursinhos populares". Na ocasião, encaminhou-se a necessidade de aprofundamento das discussões sobre o assunto e a organização para a realização do segundo seminário. Este último, realizado no Diretório Central dos Estudantes, dia 4 de outubro de 2008, às 13h30min, teve como tema: "Acesso e Permanência na Universidade Pública: desafios e propostas dos cursinhos populares".
Após ter sido apresentada e discutida a realidade dos cursinhos populares presentes, encaminhou-se a necessidade de uma Audiência Pública junto à Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para apresentar e debater as seguintes reivindicações:
1. A isenção da taxa de inscrição no vestibular para todos os alunos de escola pública e negros;
2. Rediscussão dos critérios de inscrição dos alunos cotistas e políticas efetivas que possibilitem a permanência desses alunos;
3. Criação de ações de extensão que possibilitem o estágio curricular de alunos de graduação nos cursinhos pré-vestibular populares e o reconhecimento dessas ações como créditos complementares.
A isenção na taxa do vestibular já é uma realidade presente em universidades públicas, como, por exemplo, na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Assim, tendo em vista a realidade dos cursinhos populares que se localizam em diferentes bairros da Grande Porto Alegre, cada um com sua realidade específica, carências e estrutura de organização própria, faz-se necessário a solicitação da isenção na taxa de vestibular como uma reivindicação unificada de todos os quais representam.

São solicitantes os seguintes cursinhos:

Resistência Popular

Foi criado em 2006. As aulas ocorrem no turno da noite em uma Escola Pública localizada no Morro Santana. É um curso preparatório para as provas de universidades públicas e pretende ser um espaço de discussões e práticas entre professores e alunos na relação com a comunidade do Morro Santana e arredores, que valorize e resgate o cotidiano, a cultura e o saber popular, as histórias pessoais e coletivas e as experiências enquanto moradores de periferia e sujeitos excluídos. O Curso pretende fomentar espaços para manifestações políticas, culturais e científicas dos alunos e professores, nascidos a partir de sua vontade e auto-organização; visa estimular e construir junto com a comunidade valores de solidariedade, luta por seus direitos, anseio por uma sociedade livre e justa, responsabilidade, senso crítico, auto-organização, participação coletiva e direta, identidade cultural e respeito-mútuo. A Universidade Pública é um espaço público e como tal deveria ser prioritariamente destinado àqueles que não possuem condições financeiras de pagar por um universidade, assim queremos oportunizar ao jovem e adulto de periferia um curso que lhes dê maior chance de se apropriar da vaga que por direito é sua.


Esperança Popular

O cursinho é uma ação de extensão inserida junto ao Programa Conexões de Saberes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tal ação, na sua construção, foi constituída em parceria com a Associação de Moradores Núcleo Esperança I do bairro Restinga, localizado na periferia de Porto Alegre. Surgiu da antiga demanda da comunidade e da Associação, visto a dificuldade de acesso a cursos pré-vestibulares da região central e à precariedade do ensino público. As aulas eram ministradas na própria Associação, iniciativa que propicia um estreitamento da relação Comunidade/Associação, fazendo do curso popular um local de espaço de luta pela democratização pelo acesso à Universidade. Pela característica do programa Conexões de Saberes/UFRGS em ouvir a comunidade e conviver com ela, a entrada do bairro Restinga como um dos territórios do programa ocorreu devido às demandas existentes na comunidade e também pelo objetivo de potencializar a conexão entre o saber popular e o científico. A ação de extensão acontece desde março de 2006, tendo como objetivo geral construir formas de democratização do acesso à Universidade Pública, integrando todos os envolvidos - professores voluntários, professores bolsistas do Programa Conexões de Saberes/UFRGS, integrantes da Associação de moradores, alunos e demais pessoas da comunidade na construção e desenvolvimento do Cursinho Esperança Popular. Em 2007 o cursinho transferiu o local das aulas para a Escola Municipal Senador Alberto Pasqualini devido a problemas estruturais na antiga sede, o que inclusive motivou um aumento da procura de pré-vestibulandos. No presente ano de 2008 as aulas começaram com 40 alunos.

Zumbi dos Palmares

Concebido a partir de uma crítica à elitização da universidade, o Zumbi dos Palmares pré-vestibular foi criado em 1995 na vila Cruzeiro, em Porto Alegre, com o objetivo de atender jovens que buscavam ingressar na Universidade. Posteriormente o curso foi transferido para Viamão, sempre contando com a cedência de espaços e a atuação de professores voluntários, na maioria graduandos dos cursos de licenciatura. Atualmente o curso funciona em três núcleos - Viamão (Escola Municipal Farroupilha), Morro Santana (Associação de Bairro) e Centro (Faculdade de Educação da UFRGS) e é um dos responsáveis pelo ingresso de alguns alunos das periferias no ensino superior público, no PROUNI e no ensino técnico pós-médio.


PVP Rubem Berta

O PVP Rubem Berta atua desde agosto de 2005, sendo iniciativa da AMORB - Associação Comunitária dos Moradores do Conjunto Residencial Rubem Berta. Conta com a parceria do DCE-FAPA, que oferece cópias de material pedagógico. Funciona no turno da noite, em sala de aula cedida pelo SASE-Raios de Sol (Serviço de Atendimento Sócio Educativo para crianças de 06 a 14 anos em turno inverso à escola), tendo suas aulas ministradas por educadores voluntários, estudantes e graduados. Como fruto deste trabalho, já temos alunos na UFRGS, na Escola Técnica da UFRGS e em IES Particulares.


Apóiam as reivindicações:
Alunos do Xama
Pré-Vestibular Satélite Prontidão

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal
0 / 50

Latest Signatures

No one has signed this petition yet

Information

Stacey HatfieldBy:
Transport and infrastructureIn:
Petition target:
Reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets