Classe Especial Homens sign now

Ex.mo Senhor Presidente da
Direcção do Ginásio Clube Português
C/C ao Conselho Geral

Lisboa, 20 de Abril de 2008.

Assunto: Classe Especial Homens.

Ex.mo Senhor Presidente,

Na sequência de acontecimentos que entendem os ora signatários serem de tal ordem pertinentes, vimos pela presente expor e solicitar a V. Ex.a o seguinte:

É sabido que todos os grandes clubes gímnicos aspiram a ter uma classe de homens de elevado gabarito, não só pela mais valia que é para um clube ter uma classe de representação masculina no panorama gímnico português, mas também pela dinâmica, força e carisma que uma classe deste tipo imprime no próprio clube. O GCP há mais de 32 anos que tinha essa classe.

A Classe Especial Homens foi, sem dúvida alguma, uma classe que deixou a sua marca na história do Ginásio Clube Português. Pela forma como sempre soube estar à altura dos desafios que se lhe depararam, levou as bandeiras do Ginásio e do País aos vários cantos do Mundo e representou-as sempre com a maior dignidade, escrevendo assim a sua própria história e tornando-se ela própria uma instituição dentro da instituição que é o GCP.

A Classe Especial Homens marcou também a vida de todos aqueles que por lá passaram, ao longo destes 32 anos, vincando-lhes a personalidade, proporcionando-lhes uma mão cheia de boas recordações e amigos para o resto da vida. Esta é a maior das qualidades da Classe Especial Homens: uma escola de vida que defende um punhado de valores difíceis de encontrar nos dias que correm e que une elementos, das mais diversas origens, por uma causa comum.

O historial da Classe Especial Homens começa em 1976, ano em que o Professor Sidónio Serpa funda a Classe. Em 1977 a Classe faz a sua primeira apresentação pública, e nos anos que se seguiram até ao presente a Classe apresentou-se em todo o tipo de eventos gímnicos dos mais mediáticos (ex: 7 Gymnaestradas) aos mais modestos, passando por presenças em acções de solidariedade (ex: Saraus Cercis, Rotarios, etc).

Nos seus 32 anos de existência a classe participou em 7 Gymnaestradas Mundiais, foi a primeira classe portuguesa de todos os tempos, a ser nomeada para a gala dos melhores numa Gymnaestrada, participou em 10 Festivais Internacionais de Bürstadt na Alemanha, onde passou a ser uma das classes de referência, deslocou-se à China e a Macau (na altura em que esta região ainda estava sob administração Portuguesa), fez uma digressão ao Canadá, foi convidada a representar Portugal em Israel e tantas outras que se podiam aqui descrever, totalizando mais de uma centena de deslocações entre o território nacional e o estrangeiro.

Nesta miríade de exibições, sempre em representação do Ginásio e do País, arrecadou um significativo número de condecorações e prémios que são hoje o testemunho histórico do legado da Classe Especial Homens. Esta longa carreira ginasísta só foi possível graças ao carisma e dedicação dos vários treinadores que acompanharam a classe, a saber: o fundador, Professor Sidónio Serpa (1976 a 1981), Professores Manuel Boa de Jesus e Portas de Figueiredo (1982 a 1984), Professores Luís Marques e João Pereira (1986 a 1995), Professor Domingos Fradinho (1996 a 2000), Hugo Martins (2001), Professor Hugo Almeida (2002 a 2006) e Professor Marco Passinhas (2007).

Uma história tão longa e tão cheia de sucessos só foi possível graças à existência de um conjunto de valores e tradições, como são o Papagalo (Atletas que pertencem ou pertenceram à Classe Especial Homens), o Caloiro, (Novos atletas que se propunham a pertencer à Classe), o Capitão, (Representante dos atletas da Classe junto do Professor e da Direcção do GCP), que todos aqueles que da Classe faziam parte, atletas e treinadores, reconheciam e fomentavam. Foram estas tradições que tornaram a Classe coesa e vencedora que soube atravessar gerações e reunir tantos feitos para o Ginásio. É a identificação com o espírito do Papagalo e com o espírito da Classe que constitui a base de união de todos os atletas que dela fizeram parte, independentemente de estarem ou não no activo.

Nunca até agora na Classe Especial Homens houve um corpo técnico que rejeitasse as tradições estabelecidas no seio da classe. Estas fazem parte do seu status quo da mesma forma que a garra dentro do praticável.

Este incontestável valor que a Classe acarreta resulta do distinto conjunto de personalidades que a criaram, nomeadamente, o Professor Sidónio Serpa e outros.

Desde cedo se criaram tradições e hierarquias que eram defendidas, respeitadas e valorizadas por todos aqueles que dela fizeram parte, atletas e treinadores. Assim se criou a imagem forte da Classe de Homens do GCP, um grupo de amigos, unidos, que entendiam a classe como algo maior que o indivíduo.

Pelo exposto, vem este grupo de Papagalos expressar a sua crescente preocupação em torno do que se passa actualmente com a denominada Classe Especial Homens do GCP, onde verificamos que as tradições e valores intrínsecos, naturalmente não se aplicam, ficando por isso mesmo em causa.

Como será do conhecimento de V. Ex.a, desde o início da presente época 2007/2008 que a Classe Especial Homens tem um novo corpo técnico composto por Vítor Gomes e Vasco Santos. Juntamente com a entrada dos dois novos professores, ingressaram também alguns atletas por eles trazidos.

Ao contrário do que sempre aconteceu, a tradição implementada na Classe Especial Homens, desde o seu nascimento, até aos dias de hoje, deixou de ser entendida, respeitada e defendida pelos novos professores e, concomitantemente, pelos alunos.
Não se quer com isto dizer que todos os professores que passaram pela Classe Especial Homens não fizessem reflectir a sua personalidade (aliás, diga-se, em abono da verdade, todos eles tinham personalidades vincadas, uns mais do que outros, e deixaram a sua marca), mas tão só que todos respeitaram a tradição já existente no seio da Classe Especial Homens.

Tendo em consideração que o actual corpo técnico nunca se mostrou de acordo com a continuação de algumas tradições existentes, os Papagalos elementos da Classe Especial Homens que transitaram da época 2006/2007 para a época 2007/2008 decidiram abandonar os treinos da Classe especial Homens. Esse abandono deveu-se única e exclusivamente ao facto da quebra das tradições existentes, tendo apenas continuado a treinar o actual capitão da classe Especial Homens, Armando Granate.

A continuação do Capitão deveu-se ao facto de este acreditar que seria possível continuar o espírito Papagalo, o qual, até então, tinha contribuído para a coesão e sucesso da Classe. Escusado será dizer que o espírito que sempre presidiu à Classe Especial Homens foi transitando dos alunos mais antigos para os mais novos.

No entanto, acabou o Capitão da Classe por perceber que jamais seria possível continuar a incutir nos novos alunos os princípios e tradições que sobreviveram desde a fundação do Professor Sidónio Serpa. Este facto levou também ao abandono do Capitão, o qual se deixou de rever na Classe ainda intitulada Especial Homens.

Tendo em consideração todo o supra exposto, pretendem os Papagalos dar a conhecer a V. Ex.a a sua tristeza e indignação pelo sucedido. Entendem estes que o legado Especial Homens do Ginásio Clube Português deve ser preservado, no limite, congelado.

Como já foi referido, não é possível que a tradição existente na Classe Especial Homens perdure sem que exista uma passagem por aqueles que a conhecem e uma aprendizagem pelos outros que se proponham a adquiri-la.

Com o devido respeito para o órgão que V. Ex.a preside, os Papagalos ora signatários, pretendem tão só sugerir e solicitar a suspensão do nome Especial Homens, devendo a actual classe ministrada pelos Professores Vitor Gomes e Vasco Santos continuar sob outra designação.

Como exemplo da importância que esta questão assume na vida dos ora signatários, gostariam os mesmos de expressar a disponibilidade para colaborar com o Ginásio Clube Português de forma a possibilitar a perpetuação das tradições da Classe Especial Homens.

Certos que V. Ex.a saberá honrar o Clube que representa, apresentamos os nossos melhores cumprimentos,

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in, otherwise register an account for free then sign the petition filling the fields below.
Email and the password will be your account data, you will be able to sign other petitions after logging in.

Privacy in the search engines? You can use a nickname:

Attention, the email address you supply must be valid in order to validate the signature, otherwise it will be deleted.

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Shoutbox

Who signed this petition saw these petitions too:

Sign The Petition

Sign with Facebook
OR

If you already have an account please sign in

Comment

I confirm registration and I agree to Usage and Limitations of Services

I confirm that I have read the Privacy Policy

I agree to the Personal Data Processing

Goal
0 / 50

Latest Signatures

No one has signed this petition yet

Information

Carmella VillarrealBy:
SustainabilityIn:
Petition target:
Ex.mo Senhor Presidente da Direcção do Ginásio Clube Português

Tags

No tags

Share

Invite friends from your address book

Embed Codes

direct link

link for html

link for forum without title

link for forum with title

Widgets